Segunda, 17 de Janeiro de 2022 03:57
Anúncio
Saúde Se ligue!

HIV e Aids: Professora da UniFG esclarece mitos e fala sobre formas de prevenção

Especialista explica como funcionam as Profilaxias Pré-Exposição e Pós-Exposição e defende a importância da testagem para garantir o diagnóstico precoce

29/12/2021 10h25
51
Por: Adan Nascimento Fonte: Comunicativa Associados
Divulgação
Divulgação

O Dezembro Vermelho, campanha instituída pela Lei Federal nº 13.504/2017, marca uma grande mobilização nacional na luta contra o vírus HIV, a Aids e outras IST (infecções sexualmente transmissíveis), chamando a atenção para a prevenção, a assistência e a proteção dos direitos das pessoas infectadas com o HIV. 

 

De acordo esclarece a infectologista e professora do Centro Universitário UniFG, Vanessa Teixeira, estar infectado com o vírus HIV não é a mesma coisa de ter Aids. “O HIV é o vírus que causa a doença chamada Aids, só que para uma pessoa desenvolver essa doença, precisa, muitas vezes, de três a cinco anos de evolução com o vírus no organismo, atacando o sistema imunológico, para que, só depois desse tempo, o sistema esteja fraco o suficiente. Nesse momento, a gente denomina a doença como Aids”, aponta a médica. 

 

Por isso, a especialista defende a adesão da população à testagem para detecção do HIV, a fim de garantir o diagnóstico precoce e evitar que o vírus se manifeste de forma mais grave, com a evolução para a Aids. Segundo a médica, o teste é oferecido gratuitamente nas Unidades Centrais e Básicas de Saúde e o resultado sai em cerca de 30 minutos.  

 

“O teste de HIV é recomendado como rotina, não é necessário que a pessoa esteja doente ou que esteja grávida. A gente recomenda sempre que, a partir do momento que a pessoa tenha uma exposição que pode ser de risco, após o início da sua vida sexual, ou até mesmo pessoas que não têm uma vida sexual ativa, mas que venham a ter algum fator de risco para ter contraído o HIV, façam o teste”, recomenda Dra. Vanessa Teixeira. 

 

Em se tratando de prevenção, a médica esclarece, ainda, que, atualmente, o Ministério da Saúde trabalha com diversas estratégias combinadas, oferecendo mais alternativas para que as pessoas evitem a contaminação pelo HIVAlém da recomendação do uso do preservativo em qualquer relação sexual, da testagem e da distribuição de seringas estéreis para usuários de drogas venosas, mais recentemente surgiram as Profilaxias P-Exposição (PreP) e Pós-Exposição (PEP). 

 

A PreP é recomendada para pacientes que vivem em situação de risco, ou seja, profissionais do sexo casais sorodiscordantes, quando um é positivo e o outro é negativo para HIV. É como se fosse um tratamento anterior à exposição ao vírus, para no caso de isso acontecer, a pessoa já possuir no sangue níveis de medicamento suficientes para evitar que esse vírus invada o seu corpo e a infecção aconteça. Já em relação à PEP, a partir do momento que o paciente tem uma exposição de risco, ele pode fazer uso da medicação durante 28 dias e isso evita que ele se contamine, explica a médica. 

 

infectologista defende, por fim, a importância da quebra do preconceito e da consolidação de uma estratégia em que se fale sobre o HIV em todas as Unidades de Saúde, incentivando todas as pessoas que passam por ali a realizarem o teste, mesmo que não apresentem nenhum sintoma. “Quanto mais precoce o diagnóstico, maior a possibilidade de um tratamento antes que o paciente desenvolva Aids. partir do momento que o paciente está em tratamento, saúde dele já vai ficar preservada. Além disso, diminuem muito as chances de transmitir o vírus para outras pessoas, já que com o tratamento ele vai ficar indetectável para HIV”, finaliza a Dra. Vanessa Teixeira.  

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Salvador - BA

Salvador - Bahia

Sobre o município
Salvador, fundada como São Salvador da Bahia de Todos os Santos, é um município brasileiro e capital do estado da Bahia. Situada na Zona da Mata da Região Nordeste do Brasil, Salvador é notável em todo o país pela sua gastronomia, música e arquitetura, também reconhecidas internacionalmente.
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (18/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quarta (19/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias